Jornada Clínica Sobre Pessoas Autistas e Neurodiversas

O evento é on-line e gratuito (com certificado*) e ocorrerá entre os dias 15/06 e 20/06/2020, com uma palestra por dia, de 18h-19h. As Jornadas são tradição do instituto na divulgação de conhecimento sobre Análise Comportamental Clínica e vêm sendo apresentadas em 2020 em um novo formato. A cada jornada, exploramos interfaces de um tema de interesse sobre saúde mental e Psicologia Clínica.

*Para receber o certificado é necessário estar inscrito na jornada.

Acesso para as palestras

Palestra de segunda

Palestra de Terça

Palestra de Quarta

Palestra de Quinta

Palestra de sexta

Palestra de sábado

Programação

Segunda-feira

A importância dos conceitos de capacitismo e neurodiversidade no atendimento a pessoas autistas

Rita Louzeiro

Rita Louzeiro é pedagoga, audiodescritora e ativista pela Neurodiversidade e pela inclusão das pessoas com deficiência do Brasil. É membro da Abraça – Associação brasileira para ação por direitos das pessoas autistas e da Rede-In – Rede Brasileira de Inclusão das Pessoas com Deficiência. Participa e promove rodas de conversa, palestras, audiências e outros eventos sobre inclusão, neurodiversidade, educação e acessibilidade.

Terça-feira

O uso de tecnologias para trabalhar habilidades sociais com adolescentes autistas no contexto isolamento social

Carolina Passos e Paolo Rietveld

Carolina Passos: Especialista em Análise do Comportamento aplicada aos TEA e quadros assemelhados pelo IBAC. Formação em reabilitação infantil pela Rede Sarah de hospitais. Psicóloga graduada pelo UniCeub. Coordenadora e Supervisora do núcleo de habilidades sociais pelo Instituto Ninar. Terapeuta, Avaliadora e Cofundadora da Iniciativa Nós Psicóloga pelo UniCeub. Docente dos cursos de formação NINAR. Docente do curso de Formação e Especialização em Análise do Comportamento voltada para pessoas autistas e com outras neurodiversidades pelo IBAC. Supervisora, Avaliadora e Psicóloga clínica em consultório, domicílio e acompanhamento terapêutico de crianças e adolescentes com TEA e quadros assemelhados, nas modalidades individual e em grupo. Experiência em reabilitação infantil (Rede Sarah de hospitais). Atuação é focada principalmente no desenvolvimento de habilidades sociais. Realiza atendimentos e supervisão em português e inglês.

Paolo Rietveld: Especialista em Análise do Comportamento aplicada aos TEA e quadros assemelhados pelo IBAC. Psicólogo graduado pela Universidade Paulista (UNIP). Fundador da Banda Timeout. Cofundador da Iniciativa Nós Psicólogo pela Universidade Paulista de Brasília (UNIP). Docente do curso de Formação e Especialização em Análise do Comportamento voltada para pessoas autistas e com outras neurodiversidades pelo IBAC. Supervisor técnico, avaliador e psicólogo clínico de casos de acompanhamento terapêutico de crianças, adolescentes e adultos com TEA e quadros assemelhados, nas modalidades individual e em grupo. Realiza atendimentos em português e inglês.

Quarta-feira

Direitos dos neurodiversos em tempos de pandemia

Meigan Rodrigues

Doutoranda em Direito Tributário pela Universidade de Salamanca (Espanha). Mestra em Direito Tributário pela Universidade de Salamanca (Espanha). Pós-graduada em Direito Público e Direito da Família pela Universidade do Distrito Federal (UDF). Pós-graduada em Direito do Contribuinte pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Especialista em Análise do Comportamento e neuropsicologia pelo IBAC. Em formação em Análise Comportamental Clínica pelo IBAC. Psicóloga graduada pela UDF. Graduada em Ciências Jurídicas (advogada) pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

Quinta-feira

Empatia e pessoas autistas: novas discussões sobre o tema a partir da base filosófica do Behaviorismo Radical

Bianca Rogoski e Raphaella Caldas

Bianca Rogoski: Doutoranda em Ciências do Comportamento pela Universidade de Brasília (UnB). Mestra em Ciências do Comportamento pela UnB. Especialista em terapia cognitivo-comportamental pelo Instituto Capacitar. Psicóloga graduada pela UnB. Docente do curso de Formação e Especialização em Análise do Comportamento voltada para pessoas autistas e com outras neurodiversidades pelo IBAC. Docente da Faculdade Mauá. Psicóloga clínica. Realiza pesquisas na área sobre empatia, compreensão narrativa, análise do comportamento aplicada à educação, à aprendizagem e ao contexto escolar. Integrante do projeto de extensão da UnB chamado “Livros Abertos: Aqui Todos Contam!”.

Raphaella Caldas: Doutoranda em Ciências do Comportamento pela UnB. Mestra em Ciências do Comportamento pela UnB. Psicóloga graduada pela Faculdade Pio Décimo (SE). Docente do curso de Formação e Especialização em Análise do Comportamento voltada para pessoas autistas e com outras neurodiversidades pelo IBAC. Docente da Faculdade Mauá. Psicóloga clínica. Tem experiência na área da psicologia escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: aprendizagem, Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e Transtorno do Espectro Autista (TEA). Já atuou em Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), em Carira (SE), e como Acompanhante Terapêutica (AT). Realiza pesquisas na área sobre empatia, atenção conjunta, análise do comportamento aplicada à educação, à aprendizagem e ao contexto escolar. Integrante e Coordenadora do Acervo do projeto de extensão da UnB chamado “Livros Abertos: Aqui Todos Contam!”.

Sexta-feira

Atividades terapêuticas adaptadas aos casos de TEA no contexto natural em tempos de isolamento social

Adriana Arantes e Gustavo Tozzi

Adriana Arantes: Mestra em Psicologia com ênfase em Análise Experimental do Comportamento pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Formação em Ensino Especial com ênfase nos Transtornos do Espectro Autista e quadros assemelhados pelo IBAC. Formação em Intervenção em Desenvolvimento Atípico pelo Instituto de Terapia por Contingências de Reforçamento (ITCR). Psicóloga graduada pela Universidade de Rio Verde (UniRV). Docente do curso de Formação e Especialização em Análise do Comportamento voltada para pessoas autistas e com outras neurodiversidades pelo IBAC. Diretora Clínica e Administrativa do Instituto Ninar Rio Verde. Supervisora Clínica do Instituto Ninar Rio Verde. Psicóloga Clínica de pessoas com TEA e quadros assemelhados. Consultora escolar para inclusão de crianças com TEA.

Gustavo Tozzi: Mestre em Ciências do Comportamento pela UnB. Formação em Análise Comportamental Clínica pelo IBAC. Psicólogo graduado pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). Docente do curso de Formação e Especialização em Análise do Comportamento voltada para pessoas autistas e com outras neurodiversidades pelo IBAC. Cofundador, Diretor e Supervisor do Instituto Ninar, do Centro de Intervenção Intensiva e Precoce (CIIP) e do Kombinha Azul. Possui experiência como psicólogo clínico e supervisor de casos clínicos, domiciliares e de acompanhamento terapêutico de indivíduos com Transtornos do Espectro Autista e quadros assemelhados. E experiência como professor, diretor e coordenador de cursos de pós-graduação. Realiza atendimentos em psicoterapia em geral e supervisão em português e inglês.

Sábado

Análise do comportamento verbal e TEA: o trabalho em universidade pública - CAIS USP

Martha Hubner

Doutora em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Psicologia (Psicologia Experimental) pela USP. Psicóloga graduada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Docente convidada do curso de Formação e Especialização em Análise do Comportamento voltada para pessoas autistas e com outras neurodiversidades pelo IBAC. Docente titular na USP. Coordenadora do Serviço de Psicologia da Divisão de Psiquiatria e Psicologia do Hospital Universitário da USP. Pesquisadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Comportamento, Cognição e Ensino (INCT-ECCE). Foi presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia de 2002 a 2005. Foi presidente da Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental por dois biênios 2008/2009 e 2010/2011. Foi presidente da Association for Behavior Analysis International (ABAI- 2014 a 2017), tendo atuado junto ao Conselho Executivo da ABAI de 2009 a 2014 (Maio) como Representante Internacional eleita. Coordenou o programa de Pós Graduação em Psicologia Experimental da USP (nota máxima na CAPES) de 2005 a novembro de 2012. Tem experiência de docência, pesquisa e aplicação em Psicologia, em Análise do Comportamento, atuando principalmente nos seguintes temas: comportamento verbal, aprendizagem, leitura, equivalência de estímulos, leitura recombinativa, autismo e terapia comportamental. Em Maio de 2018 recebeu o Prêmio por “International Dissemination of Behavior Analysis”, concedido pela ABAI, maior fórum científico mundial na área.